ESPANHA: Voando LATAM de Madri (MAD) a São Paulo (GRU)

E mais uma viagem chega ao fim. Somos muito agradecidos a Deus por poder viver esses dias, e aprender com tudo que passamos e vimos. Arrumamos as malas, fizemos o check-out no hotel, e deixamos as malas na recepção para buscar mais tarde e ir para o aeroporto. Tivemos algumas horas entre o check-out (que já foi mais tarde, mais um benefício de ser participante do Le Club Accor Hotels) e o horário para estar no aeroporto. Decidimos comprar mais algumas coisas, então fomos para a loja El Corte Inglés mais próxima do hotel.

A loja El Corte Inglés perto da estação de metrô Nuevos Ministérios é imensa e completa em termos de lojas e marcas e variedade de produtos, tem exatamente tudo o que alguém pode querer comprar, marcas famosas, marcas populares, benefícios para turistas estrangeiros e um setor próprio para preencher os formulários para o taxfree.

Percorremos a loja rapidamente, compramos o que precisamos, passamos no setor de devolução do imposto, voltamos correndo para o hotel e fomos para o aeroporto. Acabamos indo de metrô, pois o serviço de shuttle estava em um intervalo de jantar, mais longo e ficamos com receio de chegar com pouco tempo para filmar o aeroporto e pegar o dinheiro do taxfree.

Chegar de metrô no aeroporto é muito fácil, existe uma estação para cada terminal do aeroporto o que agiliza muito, pois ele é gigantesco. Fizemos o primeiro procedimento de taxfree na aduana, depois o check-in com a LATAM, despachamos as malas, e voltamos para o piso do metrô para filmar e mostrar tudo no vídeo. Seguimos para o portão de embarque onde antes ainda pegaríamos o dinheiro do taxfree. O trajeto é muito longo, muitas escadas, um trem interno, e vários painéis avisando quanto tempo para chegar em cada letra de portões de embarque, o que vai dando uma aflição em quem está com o tempo curto. A fila para pegar o dinheiro do imposto estava imensa, consegui pegar uma parte que era paga por outro sistema e a maior parte do valor acabei depositando o envelope para ser creditado o valor no cartão de crédito. O melhor é pegar em dinheiro, já que no cartão de crédito é feita a conversão de euro para dólar e depois para o real, e obviamente não é no mesmo padrão que ocorre quando está sendo cobrado.

Chegamos no portão de embarque com o aviso do procedimento de embarque já aparecendo nos painéis, mas como sempre, ainda demorou cerca de 30 a 40 minutos para conseguirmos entrar no avião. A decolagem ainda demorou mais alguns minutos. Sentamos nos últimos assentos e quando as refeições chegaram até nós, não havia mais opções, comemos o que sobrou. O voo foi tranquilo, com a equipe de bordo sempre cordial, cabine e banheiros limpos com lenços refrescantes, escovas de dente descartáveis e pasta de dentes, qualidades que admiro na LATAM.

Nos próximos posts vamos falar das compras e de quanto custou a viagem, e o roteiro que montamos para essa viagem.

Assista o vídeo, se inscreva no blog e no canal e siga a gente nas redes sociais (Instagram, Facebook, e Twitter). Um beijo e até o próximo post. Essa publicação pode conter conteúdo publicitário e redirecionamento para parceiros do Blog.

Author: patriciaviaja

O blog e o canal no Youtube são criações do casal Patricia Barbosa e Willian Rocha. Em 2014 criaram o Canal Patricia Viaja no YouTube e em 2015 decidiram criar o Blog Patricia Viaja. Patricia é formada em Direito e trabalha no Judiciário Federal Brasileiro. Willian é Designer Gráfico e Instrucional e trabalha para o Governo do Estado de São Paulo. Antes de se conhecerem a Patricia já tinha viajado por quase toda a América do Sul (Argentina, Uruguai, Colômbia, Peru, Venezuela, Chile) e outros países como as Antilhas Holandesas e os Estados Unidos, e já entendia quase tudo sobre milhas aéreas e como economizar muito nos planejamentos de viagem usando os programas de pontos das cias aéreas e dos hotéis. Desde que se conheceram em 2011 os dois já viajaram juntos pelo Brasil, Argentina, Chile, Equador, Estados Unidos, Canadá, França, Grécia, Espanha, Portugal e Itália. No blog é explorado o formato econômico de viagens do casal, explicando como são planejadas as viagens, desde a escolha do destino e as reservas de passagens, hotéis e passeios, aproveitando os benefícios dos programas de fidelidade das cias aéreas, hotéis e cartões de crédito. O desejo é que assim como eles, mais pessoas possam viajar e usufruir do melhor das suas férias de trabalho e escola, sem comprometer o orçamento mensal.

O que você achou da publicação? Tire suas dúvidas.