CHILE – Lago Llanquihue, Canopy (tirolesa) e Frutillar

O segundo dia em Puerto Varas foi incrível. Saímos com a ideia de dar a volta no Lago Llanquihue e visitar Frutillar, um dia aparentemente tranquilo. Mas o caminho nos deu de presente uma experiência radical de tirolesa (canopy). Um parque dedicado à prática do esporte, que na primavera e no verão é super frequentado pelos chilenos.

Contratamos um tour privado, o que proporcionou essa parada radical. Aliás, minha recomendação é se possível sempre contratar tour privado, o aproveitamento dos passeios é muito melhor, tudo é feito no ritmo do grupo, que já se conhece.

Voltando ao canopy, o tour de tirolesas contou com 10 descidas, e altura máxima de 90 metros. O melhor de termos ido na baixa temporada, é que só havíamos nós no parque e pudemos contar com a atenção exclusiva dos instrutores. Ainda na base do parque, os instrutores fazem uma orientação prévia para os participantes e ajudam a colocar o equipamento. Lá no topo, e em cada plataforma antes da descida as orientações são reforçadas, um dos instrutores desce primeiro e o segundo fica orientando e a descida de cada componente do grupo, e desce por último.

Começamos com umas descidas curtas e baixas e a cada plataforma de descida o nível de dificuldade e adrenalina vai aumentando. Foi uma ótima experiência, super divertido, e recomendamos para os viajantes aventureiros.

Saindo da tirolesa seguimos até a próxima parada, uma cachoeira (cascada). Para chegar até a cachoeira é preciso caminhar por uma trilha durante 25 minutos aproximadamente. Use calçados confortáveis, antiderrapantes e impermeáveis. Durante toda a viagem nós usamos botas da marca Fiero, que é brasileira e foi muito útil na viagem em todos os lugares.

A cachoeira é muito bonita, a queda tem uma grande altura o que cria uma larga nuvem de vapor de água ao seu redor. Mesmo longe da queda dágua já ficamos bem molhados. Sobre a temperatura da água, é muito fria, inclusive no verão, mas ainda assim é um local muito procurado por banhistas na temporada de calor.

Voltamos para a estrada a fim de completar a volta no lago. Nossa última parada foi a cidade de Frutillar, pequena e extremamente charmosa. Um fim de tarde perfeito às margens do Lago Llanquihue, com vista do píer e do Vulcão Osorno. Há quem diga que o panorâma lembra a visão que se tem do Monte Fuji.  Isso já é tema para uma próxima viagem.

Assista o vídeo, e para receber mais conteúdo como este se inscreva no blog e no canal e siga a gente nas redes sociais (Instagram, e Facebook).

Um beijo e até o próximo post.

Essa publicação pode conter conteúdo publicitário e redirecionamento para parceiros do Blog.

Author: patriciaviaja

O blog e o canal no Youtube são criações do casal Patricia Barbosa e Willian Rocha. Em 2014 criaram o Canal Patricia Viaja no YouTube e em 2015 decidiram criar o Blog Patricia Viaja. Patricia é formada em Direito e trabalha no Judiciário Federal Brasileiro. Willian é Designer Gráfico e Instrucional e trabalha para o Governo do Estado de São Paulo. Antes de se conhecerem a Patricia já tinha viajado por quase toda a América do Sul (Argentina, Uruguai, Colômbia, Peru, Venezuela, Chile) e outros países como as Antilhas Holandesas e os Estados Unidos, e já entendia quase tudo sobre milhas aéreas e como economizar muito nos planejamentos de viagem usando os programas de pontos das cias aéreas e dos hotéis. Desde que se conheceram em 2011 os dois já viajaram juntos pelo Brasil, Argentina, Chile, Equador, Estados Unidos, Canadá, França, Grécia, Espanha, Portugal e Itália. No blog é explorado o formato econômico de viagens do casal, explicando como são planejadas as viagens, desde a escolha do destino e as reservas de passagens, hotéis e passeios, aproveitando os benefícios dos programas de fidelidade das cias aéreas, hotéis e cartões de crédito. O desejo é que assim como eles, mais pessoas possam viajar e usufruir do melhor das suas férias de trabalho e escola, sem comprometer o orçamento mensal.

O que você achou da publicação? Tire suas dúvidas.